1 de jul de 2015

Dia 40: O Predestinado (18 de abril)

O Predestinado (Predestination) me foi indicado por Joe, quando ele comentou o post  sobre Truque de Mestre (Now You See Me2013). Assim, eu já coloquei o DVD no aparelho esperando um bom filme, e não fiquei desapontada; muito pelo contrário, na verdade: o filme foi uma boa surpresa. E eu não fiz uma jornada até a cidade dos doidos e voltei, eu viajei profundamente pela natureza humana. 

Não há como falar a respeito desse filme e não contar aspectos da história, que devem permanecer desconhecido até você chegar ao filme. Se puder, o melhor é ler o menos possível sobre antes de assistir a ele. A recompensa será boa, eu asseguro. 

Mas antes de encerrar este post, eu preciso dizer que as narrativas de fantasia, SciFi, terror conseguem alcançar aspectos da vida humana que os fatos por si só não são capazes de abordar. Por estarem de certa forma desobrigados com a realidade factual, eles conseguem falar da natureza humana e do que significa estar no mundo de forma mais profunda. O ator britânico Ruffus Hound, em entrevista sobre a série Doctor Who, afirmou que:

O que eu penso que torna Doctor Who tão especial é: a ficção científica  ScFi lhe permite realmente olhar os problemas humanos, mas com um certo grau de distanciamento. Assim, os Doctors são capazes de nos falar sobre vida e morte e significado, o que é ser uma criança, o que significa envelhecer, o que representa ser diferente. Podemos entender todas essas história sem que... de uma forma que parece fantástica, mas que consegue na verdade definir tudo o que é de fato verdadeiro para a experiência humana. 
Rufus Hound no especial The Next Doctor: live (BBC, Londres, 4 de agosto de 2013).

O Predestinado é exatamente isto: ele discute vida, morte, sentido, significado, humanidade, o que é ser um e outros... e o faz de forma extraordinária, com um bom roteiro e atuações incríveis (Sarah Nook é surreal de tão incrível). 

http://onemovieadaywithamelie.blogspot.com/2015/04/day-forty-april-18.html

O Predestinado (Predestination). Dirigido e escrito pelos irmãos Spierig. 
Com: Ethan Hawke, Sarah Nook, Noah Taylor. Australia, 2014, 97 min., 
Datasat/Dolby Digital/SDDS, Color (DVD).


PS: Ethan Hawke fez parte de um dos meus filmes favoritos de ficção científica, Gattaca, 1997. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário