6 de jul de 2015

Dia 56:Uma Garrafa no Mar de Gaza (4 de maio)


Outro filme que se encontrava no meu radar, Uma Garrafa no Mar de Gaza  (Une Boteille à la Mer) foi uma grata surpresa, como geralmente acontece com os filmes israelenses sobre a violência e interminável burocracia de um conflito que parece não ter fim. 

Contrariamente a algumas produções que focam no conflito armado e nos ataques suicidas, Thierry Binisti, assim como outros diretores, escolheu como foco as relações humanas em tempos de guerra. Um estado dividido por disputas religiosas, territoriais e de fronteira separa não apenas os aspectos físicos, mas principalmente os humanos. Tão perto, tão longe... Ou, sob uma perspetiva diferente, tão longe, tão perto por um tipo de conexão entre duas pessoas que é maior que esses conflitos permanentes. As relações humanas prevalecem sobre tudo o que podemos inventar para superá-las. Mesmo que pareça justamente o oposto. 

Em determinado momento, um personagem atravessa a fronteira para o lado oposto. A gigantesca estrutura deserta, projetada para milhares de visitantes, abriga apenas os funcionários e aquela única pessoa que transita naquele instante. O foco aqui está no vazio, na redundância desse espaço. 

Doce, calmo, silencioso, reflexivo, contundente, Uma Garrafa no Mar de Gaza é um olhar para o interior fútil da violência da guerra por meio de dois jovens residentes em diferentes lados da fronteira de um mesmo estado. Tão perto, a vida em ambos é dissonante. Mas mesmo assim eles se encontram, no que parece uma distância impenetrável. No entanto, as relações humanas de fato não conhecem fronteiras desse tipo, e nós passamos pelos créditos finais, com a belíssima trilha sonora, bastante certos disso. 

http://onemovieadaywithamelie.blogspot.com.br/2015/05/day-fifty-six-bottle-in-gaza-sea.html



Uma Garrafa no Mar de Gaza (Une Bouteile a la Mere). Dirigido por 
Thierry Binisti. Com: Agatha Bonitizer, Mahmud Shalaby, Abraham Belgas. 
Roteiro: Thierry Binisti, Valeria Zenatti. França/Israel/Canadá, 100 min.,
2011, Dolby SR, Collor (Netlix).










Nenhum comentário:

Postar um comentário